Sábado, 24 de Julho de 2021
81991863488
Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados

Câmara aprova mudança de data do Biênio da Primeira Infância para 2021-2022

Transportador será dispensado de portar versão física de documentação

16/07/2021 01h40
Por: Ricardo Almeida Fonte: Agência Câmara de Notícias
Deputados analisam propostas em Plenário - (Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)
Deputados analisam propostas em Plenário - (Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (15) o Projeto de Lei 5213/20, da deputada Paula Belmonte (Cidadania-DF), que muda a data do Biênio da Primeira Infância de 2020-2021 para 2021-2022. A proposta será enviada ao Senado.

Paula Belmonte argumenta que as atividades pensadas para o biênio foram prejudicadas pelas ações de combate à pandemia de Covid-19, já que vários órgãos da administração voltaram esforços para essa emergência de saúde. “A criança é nossa prioridade absoluta”, afirmou, agradecendo pela aprovação do projeto.

O biênio foi instituído a partir da Lei 13.960/19, originária do PL 2721/19, da própria deputada e do deputado Idilvan Alencar (PDT-CE) e de substitutivo do deputado Fabiano Tolentino (Cidadania-MG).

A mudança de data contou com parecer favorável do relator, deputado General Peternelli (PSL-SP). Para ele, “as razões para investir na infância justificam o projeto, afinal o desenvolvimento do cérebro é sequencial e conexões mais complexas são construídas a partir de circuitos mais simples, criados em uma fase anterior, tal como se constrói uma casa”.

Palestras e treinamentos
A lei considera primeira infância o período dos primeiros seis anos completos, definindo que o biênio tem como atividades:

  • a realização de seminários com especialistas brasileiros e estrangeiros sobre o tema e de audiências públicas com famílias e organizações da sociedade civil;
  • publicações sobre boas práticas e outros temas de relevância;
  • definição e publicação de parâmetros de atuação intersetorial para a promoção do desenvolvimento da criança na primeira infância;
  • premiação de estados e municípios por boas práticas de políticas públicas direcionadas a promover o desenvolvimento infantil; e
  • recomendações ao governo federal de políticas públicas intersetoriais direcionadas à primeira infância.
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.