Segunda, 10 de Agosto de 2020
81991863488
ESPECIAIS ÚLTIMAS

SENADO EM FOCO

Notícias do Senado e de outras fontes

15/05/2020 16h18 Atualizada há 3 meses
Por: Marcos Lima Mochila
SENADO EM FOCO

 

Senador Acir Gurgacz (PDT-RO)

·Acir Gurgacz pede aprovação de projeto que beneficia aposentados e pensionistas

O senador Acir Gurgacz (PDT-RO) pediu a aprovação da PL 1.328/2020* do senador Otto Alencar (PSD-BA), que prevê a suspensão temporária do pagamento das parcelas de empréstimos consignados concedidos a aposentados e pensionistas. Pela proposta, os pagamentos seriam retomados após o fim da situação de emergência provocada pela pandemia da covid-19.

O parlamentar destacou que os bancos têm que dar a sua contribuição nesta situação emergencial, pois vêm obtendo enormes lucros, mesmo agora no período da pandemia. “Entendo que é um momento difícil, de sacrifício para todos, e que os bancos podem sim adotar essa medida, auxiliando a parcela da população mais vulnerável”, ressaltou Alcir... ... “e mais suscetível ao acometimento do Covid-19”, complementa a Redação do Portal Referência Brasil. 

·      Senadores aprovam suspensão de dívidas com o Fies até o fim de 2020 

O Plenário do Senado aprovou na última terça-feira (12), por unanimidade, a suspensão do pagamento do Financiamento Estudantil (Fies) até o final do ano, enquanto durar o estado de calamidade decretado em função da epidemia de covid-19. O benefício valerá para os adimplentes e para aqueles com parcelas em atraso por até 180 dias. Segundo o relator, senador Dário Berger (MDB-SC), o projeto (PL 1.079/2020) também prevê desconto de 50% no valor da mensalidade dos profissionais de saúde que atuam no Sistema Único de Saúde (SUS).

A proposta ainda revoga contratos antigos permitindo que os estudantes se beneficiem com descontos de até 100% dos juros para pagamento do saldo devedor em parcela única. 

·      Senado pode votar na segunda-feira teto para juros do cartão e cheque especial

O Senado pode votar na segunda-feira (18) projeto que cria um teto temporário para os juros do cartão de crédito e do cheque especial. O limite proposto no PL 1166/2020 é de 20% ao ano e deve atingir as dívidas contraídas entre março e julho deste ano. Mas já há pedidos para estender a validade do limite até o fim do período de calamidade pública, em 31 de dezembro. A reportagem é de Roberto Fragoso, da Rádio Senado.

·      Governo não tem condição de cumprir regra de ouro até 2023, afirma Mansueto

A regra de ouro deve ser descumprida até 2023, de acordo com o secretário nacional do Tesouro, Mansueto Almeida. A regra de ouro existe para que o governo não contraia novos empréstimos para custear despesas correntes. Mansueto afirmou ainda que os juros do país devem ser mantidos baixos para a retomada da economia brasileira. Reportagem de Rodrigo Resende, da Rádio Senado.

Fonte: Agência Senado 

DO LADO DE CÁ

 

Alcymar solta os cachorros 

Em live pelo Instagram do Blog do Magno, o cantor Alcymar Monteiro propôs ao presidente Bolsonaro e à secretária Especial da Cultura, Regina Duarte, uma devassa nas contas do Ecad, responsável pela arrecadação dos direitos autorais no País. Segundo ele, os artistas em geral não sabem para onde se destina a dinheirama recolhida em nome dos seus direitos autorais.

Alcymar também direcionou sua metralhadora aos políticos que não honram os seus mandatos. Acusou o ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, de ter-lhe dado um calote no São João de 2012.

O cantor acusou ainda o ex-prefeito de Caruaru, José Queiroz (PDT), de exclui-lo do São João durante seis anos dos oito em que governou o município antes da prefeita Raquel Lyra.

Na semana passada, uma outra live agitou os meios artísticos e políticos de nosso Estado: a da polêmica entre o deputado Felipe Carreiras e a cantora Anitta, que pediu que o deputado retirasse emenda da MP-948, da qual o deputado é responsável e que fala sobre recolhimento de direitos autorais dos compositores.

Alcymar também acusou o deputado de ter enriquecido às custas da classe artística. "É um enganador. Quando secretário de Cultura queria meter a mão até na grana do Ecad, obrigando-nos a pagar taxas as quais não tinha poder sobre elas", disse.

E PRA NÃO FUGIR À REGRA...

Brasil buscar entrar em grupo que vai testar 1º vacina contra Covid-19 

Cada vez mais vacinas avançam para a fase de testes clínicos. A China já tem três projetos experimentais e, nos Estados Unidos, a farmacêutica Moderna iniciou os testes em seres humanos em parceria com o Instituto Nacional de Saúde. 

Nelson Teich, o ministro que acabou de jogar a toalha e pediu exoneração do cargo que ocupa há menos de um mês, no Ministério da Saúde, informou – antes - que o Brasil busca entrar no grupo que vai testar a 1ª vacina contra o novo coronavírus. Segundo ele, o país tem buscado se antecipar na negociação de cotas de futuras vacinas para não sofrer com a demanda mundial quando as fórmulas estiverem prontas.

Fonte: Olhar Digital

FALANDO NISSO...

Já à espera de Nelson Teich se demitir do governo, por não concordar com a glorificação da cloroquina, Jair Bolsonaro decidiu mostrar ao subordinado que não depende dele para tocar seu programa no Ministério da Saúde. O presidente não gosta de se sentir desafiado por seus auxiliares e encara como afronta quando um deles revela ter limites ao receber pedidos espinhosos do chefe. 

É o caso de Teich. Nesta semana, o presidente, irritado com a decisão de Teich de não defender a glorificação da cloroquina, chamou o general Eduardo Pazuello, número dois da Saúde, e perguntou se ele aceitaria o cargo, caso Teich saísse. Pazuello aceitou. 

Teich era o chefe de Pazuello, mas não mandava no subordinado, que prestava contas diretamente ao presidente. “Teich veio para ser o cérebro. O problema é que não avisaram o corpo (Pazuello)”, diz um auxiliar do ministro. 

Governo divulga calendário da segunda parcela do auxílio emergencial

O Ministério da Cidadania divulgou, hoje (15), o calendário de pagamento e saques da 2ª parcela de R$ 600 do Auxílio Emergencial. 

A portaria com as datas foi publicada no Diário Oficial da União. A 2ª parcela começará a ser creditada na segunda-feira (18), conforme adiantou o presidente da Caixa Econômica federal, Pedro Guimarães, no início da noite de ontem (14). 

Ao todo, cerca de 50 milhões de pessoas estão inscritas no programa. O benefício é pago para trabalhadores informais e pessoas de baixa renda, inscritos do cadastro social do governo e no Bolsa Família.

O calendário publicado nesta sexta-feira vale para as pessoas que receberam a 1ª parcela até o dia 30 de abril de 2020. Entrevista coletiva, hoje à tarde no Palácio do Planalto, será detalhada a forma do pagamento.

Veja o calendário para depósito em poupança social: 

Por Andreia Verdélio - Repórter da Agência Brasil - Brasília 

Gabby Sarusi, vice-diretor de pesquisa da Escola de Engenharia Elétrica e Computação da Universidade Ben-Gurion (BGU)

Israel apresenta 'bafômetro' capaz de detectar o coronavírus em apenas um minuto

Pesquisadores da Universidade Ben-Gurion, em Israel, criaram um aparelho capaz de detectar a presença do novo coronavírus no organismo humano em apenas um minuto. A solução funciona de forma semelhante a um bafômetro. Para fazer o teste, basta o paciente soprar o dispositivo, que conta com um chip eletrônico que pode indicar a presença, ou não, do novo coronavírus de acordo com suas propriedades ópticas e eletromagnéticas.

O sistema é integrado a um servidor em nuvem, que recebe automaticamente os resultados e os deposita em um banco de dados à disposição de autoridades. O aparelho já foi testado em 120 pacientes e apresentou êxito em 90% dos casos e as principais vantagens desse método de testagem são a precisão, rapidez e o custo. O processo ainda dispensa o manuseio de amostra ou uso de reagentes. Os pesquisadores esperam submeter o novo método à aprovação da Food and Drugs Administration (FDA), agência norte-americana de controle de medicamentos, dentro de 45 dias. Se aprovado, o bafômetro pode chegar ao mercado em outubro ou novembro.

Por: Victor Pinheiro - Olhar Digital 

 RECORDE

Pernambuco tem recorde diário de curados da Covid-19

Embora viva uma fase delicada de aceleração dos casos de infecção pelo novo coronavírus e aumento significativo no número de óbitos em virtude da Covid-19, Pernambuco tem motivos para comemorar. 

De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), na última terça-feira (12/5), foram registradas, em 24 horas, mais 928 curas clínicas de pacientes que contraíram a doença e a desenvolveram de forma mais séria, com a chamada Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). 

O Estado soma agora 2.466 reabilitados, somente de pacientes considerados graves. Outros 1.651 evoluíram de forma positiva após atendimento hospitalar, tiveram alta e estão dando continuidade ao tratamento em isolamento domiciliar; e 2.370 estão internados no momento, sendo 238 em leitos de UTI e 2.132 em enfermarias. 

A maior concentração dos curados está na Capital, epicentro da doença no Estado. 1.287 pessoas já se recuperaram após enfrentarem a Covid-19. O Recife tem um total de 7.224 casos confirmados em laboratório, sendo 3.513 casos leves da doença e 3.711 casos de Srag. 

Fonte: Portal FolhaPE

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.