Segunda, 22 de Julho de 2024
23°

Tempo nublado

Recife, PE

Piauí Política

Decisão Estratégica: Dr. Paulo Márcio é indicado para Vice-Prefeito em Aliança MDB-PT em Teresina

Mesmo não sendo objetivo do Dr. Paulo Márcio, a decisão partidária provavelmente será aceita pelo pré-candidato

09/01/2024 às 19h14 Atualizada em 09/01/2024 às 19h31
Por: Ricardo Almeida Fonte: Referência Brasil
Compartilhe:
Dr. Paulo Márcio em evento no Hospital Universitário do Piauí- Foto: Reprodução Instagram
Dr. Paulo Márcio em evento no Hospital Universitário do Piauí- Foto: Reprodução Instagram

 

Teresina, 09 de Janeiro de 2024.

Em uma reunião do diretório do MDB, a decisão de lançar o renomado Dr. Paulo Márcio como vice-prefeito na aliança com o PT para as eleições de Teresina foi tomada estrategicamente, mas sem a presença do próprio Dr. Paulo Márcio. A escolha se deu em apoio à candidatura de Fábio Novo, deputado e nome forte na política local.

Mesmo sem a participação direta do Dr. Paulo Márcio na decisão, a estratégia partidária visa fortalecer a chapa e unir esforços para enfrentar os desafios da capital piauiense. O cargo de vice-prefeito, neste contexto, é visto como uma peça-chave para consolidar a aliança entre MDB e PT.

A notícia, no entanto, gerou certo descontentamento, uma vez que Dr. Paulo Márcio, pré-candidato com vasta experiência como gestor do Hospital Universitário do Piauí, era considerado um forte candidato à liderança nas pesquisas eleitorais. Mesmo sem histórico político, sua habilidade de gestão e popularidade o tornou uma figura respeitada na comunidade.

O pré-candidato Fábio Novo, liderando a chapa, expressou confiança na estratégia e na união de forças para construir um projeto político sólido. A aceitação da posição de vice por parte de Dr. Paulo Márcio é esperada, mas o descontentamento de seus apoiadores sugere um cenário a ser acompanhado durante a campanha, onde algumas mudança de cenário ainda podem ocorrer.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários