Terça, 21 de Setembro de 2021
81991863488
GERAL Maranhão

Porto do Itaqui Lab apresenta primeiros resultados

As soluções para diversas áreas, apresentadas durante a conferência, passaram para a fase de desenvolvimento.

10/09/2021 16h30
Por: Ricardo Almeida Fonte: Secom Maranhão
Demoday Itaqui Labs reuniu 31 profissionais. (Foto: Divulgação)
Demoday Itaqui Labs reuniu 31 profissionais. (Foto: Divulgação)

Nesta quinta-feira (9), a Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP) realizou o Demoday Itaqui Labs, evento que marca o encerramento da jornada de inovação aberta do Porto do Itaqui Labs, o programa de inovação do porto público do Maranhão. O encontro, realizado em plataforma digital, reuniu o presidente, Ted Lago, diretores e profissionais de diversas áreas da EMAP, além de representantes de empresas operadoras, arrendatárias, não-arrendatárias, universidades, empresas públicas, da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia e de outros portos, como a presidente da Companhia Docas da Paraíba, Gilmara Timóteo.

Um grupo de 31 profissionais, dividido em oito times, trabalhou durante quatro meses no desenvolvimento de soluções para desafios mapeados na primeira fase do programa, contemplando as áreas de gestão da informação, cultura, contratação, meio ambiente, comunicação, relação porto-cidade, produtividade e acesso e segurança. Essas soluções foram apresentadas no evento desta quinta-feira, que contou ainda com uma palestra de abertura ministrada pelo presidente do Conselho Deliberativo do Porto Digital do Recife, professor Silvio Meira. 

As soluções apresentadas passam às fases seguintes de desenvolvimento, de acordo com a natureza de cada uma, o que pode envolver testes mais avançados, busca de parcerias institucionais para formatação de produtos, contratação de startups e algumas certamente serão objeto de estudos avançados dos bolsistas de pesquisa e desenvolvimento contratados pelo EMAP por meio do Programa Farol. 

“É motivo de orgulho para nós a resposta das equipes aos desafios, com propostas aplicáveis e que certamente, com o desenvolvimento necessário a partir de agora, vão contribuir para melhorar os nossos processos. Esse é um momento de celebração do talento e do trabalho conjunto de toda a comunidade portuária do nosso complexo e demonstra que o Itaqui Labs, aberto com muita criatividade, trará excelentes frutos, gerando valor para toda a região”, afirmou o presidente do Porto do Itaqui, Ted Lago. 

Para desenvolver o Porto do Itaqui Labs, a EMAP firmou parceria com o Centro de Estudos e Sistemas Avançados (C.E.S.A.R.), organização que é referência no Brasil em inovação, uso de tecnologia, educação e empreendedorismo. O Porto do Itaqui Lab está alinhado com a visão da EMAP, que é a de ser a empresa referência em gestão portuária no Brasil até 2022, e com a sua missão, focada na geração de valor. “E é nosso desejo que essa iniciativa inspire e fomente a cultura da inovação não só aqui no porto, mas envolva a cidade e todo o estado do Maranhão”, disse Lago.

A primeira fase do programa foi marcada pela escuta, por meio de workshops e entrevistas com representantes de todos os segmentos da comunidade portuária do Itaqui, tanto de dentro da EMAP quanto de empresas integrantes do ecossistema do Complexo Portuário do Itaqui. Tudo com o objetivo de identificar desafios comuns e alavancar processos de inovação para desenvolver a EMAP e a comunidade portuária. 

Identificados os pontos de melhoria, o programa passou à fase 2, marcada pela formação de times de especialistas, envolvendo representantes da comunidade portuária para cada grupo de problema levantado para construir as soluções.

O que já foi feito

A EMAP vem investindo em soluções inovadoras, a exemplo da chamada digital de caminhões, cadastro eletrônico de fornecedores, programa virtual de visitas, treinamentos via plataforma Moodlle, entre outros. Também investiu em uma plataforma para atender à solicitação de alfandegamento da Receita Federal. Por meio do sistema são coletados dados e fornecidas informações sobre as operações portuárias. Esse sistema integra os setores que compõem a área operacional do Itaqui, incluindo agências marítimas, despachantes aduaneiros, operadores portuários, transportadores rodoviários e importadores de granéis sólidos.

Na área de segurança, dispõe do Sistema de Controle de Acesso do Porto do Itaqui (SECAPI), criado para facilitar o processo de solicitação de acesso de pessoas e veículos à área alfandegada. O sistema também se destina às empresas autorizadas a realizar atividades na área restrita do porto organizado.

A EMAP conta ainda com um cadastro eletrônico de fornecedores que permite o registro prévio e gratuito para empresas que tenham interesse em participar de licitações, o Sistema de Gerenciamento de Licitações (SIGEL).

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.